03/01/2019

2º Período


A biblioteca deseja um bom regresso à escola.
Bom Ano 2019

30/06/2018

28 anos a Navegar


28  anos a Navegar

  O Barquinho “encalhou”!
Decorreu  na Escola Domingos Capela, na semana de 11 a 15 de junho,  uma exposição retrospectiva do Jornal Escolar “Barquinho de Papel”, que “navegou” durante 28 anos, sendo esta iniciativa da responsabilidade da professora Sónia Couto, professora bibliotecária desta Biblioteca Escolar.
A exposição do percurso deste “barco” de notícias mostrou de forma inovadora e cuidada a transformação pelo qual passou desde os primeiros exemplares até ao último número, mostrando diferentes formatos, layout, rubricas e estruturas.
O Barquinho de Papel, na categoria de jornal Escolar foi premiado várias vezes a nível nacional. Para reviver e partilhar a sua história realizou-se ainda uma sessão de esclarecimento sobre o seu percurso onde participaram alguns convidados.
A sessão teve início com um Porto de Honra seguindo-se a projeção de um pequeno filme que abriu com a introdução feita pelo jornalista do JN, Sérgio Almeida, que abordou a importância dos media e dos jornais escolares, dando o seu valioso  testemunho como ex diretor do Jornal escolar da Escola Secundária Dr. Manuel Gomes de Almeida, quando estudante.
Como convidados para falar sobre este tema, estiveram o Professor e jornalista António Santos, Diretor da Cooperativa Nascente, três ex alunos que participaram diretamente no projeto do jornal escolar, nomeadamente Ana Rocha,  Hélder Mendes e Ricardo Coelho,  que deram o seu valioso testemunho sobre parte do processo de reestruturação deste jornal a nível formal, de layout, e também sobre todo um processo de renovação de rubricas, de artigos e até de divulgação.
Após intervenção do Professor António Santos que tratou de forma enriquecedora o tema do jornalismo no contexto escolar e não só, foi dada a palavra a Ana Rocha, formada em contabilidade, que falou sobre a sua passagem nesta escola e sobre a marcante experiência vivenciada há 15 anos atrás com esta atividade dinamizada nas aulas de Educação Visual e Área de Projeto, sob orientação da Professora Cristina Jorge.
Hélder Mendes, atualmente Arquiteto, recordou de forma entusiasmada os  artigos em que participou.  Salientou ainda a importância do jornal na comunidade escolar como veículo de intervenção de todos, “alunos, professores e pais sobre a comunidade que é a Escola”.
Ricardo Coelho referiu que “O Barquinho de Papel” foi um projeto que marcou a vida escolar dele, na Escola Domingos Capela , onde sempre se sentiu feliz e que as notícias sobre ele ou os colegas,  publicadas no Barquinho, os enchiam de orgulho!
Na assistência, para além de vários alunos desta escola, contou-se com a presença, do Presidente da Junta de Freguesia de Silvalde e de Paramos, nomeadamente, José Teixeira e Manuel Dias e a ex Presidente do Conselho Executivo/Diretora desta  Escola, a Professora Maria Adelina Pereira, que também intervieram oportunamente abordando a relevância deste meio de comunicação na escola.
Durante a cerimónia intervieram falando da sua experiência e participação, três professores responsáveis por três fases da história deste tão marcante “veículo” de notícias, nomeadamente o Professor António Barbosa que falou da passagem dos rudimentares meios de construção do jornal para a era informática e a importância deste recurso na sua conceção; a Professora Cristina Jorge, que a ele se seguiu e responsável pela reestruturação formal e gráfica do jornal (com a participação de alunos e encarregados de educação) que o levou a ser, pela primeira vez e durante dois anos consecutivos, premiado no Concurso de Jornais Escolares “Público na Escola”, levado a cabo pelo jornal Público e, para finalizar, a Professora Manuela Correia que falou da continuidade que deu a este projeto durante treze anos.

Colaboraram ainda neste evento o professor Frederico Pinho, a professora Mª do Carmo Reuter, o professor Dinis Pinto, as assistentes operacionais da Biblioteca Escolar, as turmas do 5º B e 7ºA  e o convidado Diego estudante de música, na escola de Música de Espinho e músico na Banda União Musical Paramense, que animou o Porto de Honra ao som do seu Saxofone! O Porto de Honra foi servido pelos alunos do Curso de Restauração da Escola.
A sessão terminou deixando no ar a saudade e nostalgia contagiante de momentos intensos vividos “a bordo” pelos participantes mais ativos (professores e alunos) com pequenos “toques” de vontade de seguir em frente e de “despertar” um jornal que se apagou inevitavelmente com o passar do tempo, e, provavelmente, também com a chegada dos jornais on line.

Visita à exposição e debate

Momento musical 5º B






 Momento musical, que acompanhou o Porto de Honra, pelo Diego, estudante de música.



Exposição Retrospectiva do Jornal "Barquinho de Papel"

os primeiros exemplares

os primeiros exemplares

04/06/2018

As férias estão a chegar.....

As merecidas férias estão a chegar...

E, com elas, momentos inesquecíveis com familiares e amigos, bem como tempo para fazer aquilo que nem sempre podemos fazer ao longo do ano.

Mas, depois, há dias que custam mais a passar... Já pensaste em requisitar, na escola, livros para as férias?

 Para leres na praia...

...ou na montanha...

à... beira rio...

...com amigos...